Carga deve crescer 2,8% em outubro, diz ONS
21 de novembro de 2019

A Agência Nacional de Energia Elétrica anunciou que a bandeira tarifária em outubro de será amarela, com custo de R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. O mês representa a transição entre a estação seca e o início do período úmido nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN), cuja previsão hidrológica sinaliza elevação das vazões afluentes aos principais reservatórios, o que também permitirá reduzir a oferta de energia suprida pelo parque termelétrico.

Segundo a Aneel, “esse cenário também levou à redução dos custos relacionados ao risco hidrológico (GSF), mesmo com a perspectiva do preço da energia (PLD) manter-se em patamar estável”, diz a nota sobre as duas variáveis que determinam a cor da bandeira a ser acionada.