Restrições no SIN fazem Brasil importar mais energia do Uruguai e Argentina

Subsídio na conta de luz demanda R$ 20,2 bi em 2019, alta de 1%, diz Aneel
31 de janeiro de 2019
Carga nacional de energia alcança 90.525 MW
1 de fevereiro de 2019

Canal Energia – 28/01/2019

Por conta de ocorrências no Sistema Interligado Nacional nos últimos dias, o Brasil precisou novamente comprar energia de países vizinhos. Desta vez foram 1.000 MW importados da Argentina e 400 MW do Uruguai, no período entre 13:30 horas até às 17:04 horas. A informação consta no Informativo Preliminar Diário da Operação da última quinta-feira, 24 de janeiro, publicado pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico.

Segundo o Operador, o SIN operou com restrições devido ao desligamento de Angra 2 e dos polos 1 e 3 do ELO CC Coletora Porto Velho/Araraquara II, fator que limitou em 50% o escoamento de energia das hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau.